Boas Vindas!

Seja bem vindo ao blog do Departamento de Práticas Integrativas e Complementares à Saúde Bucal da SOBRACID

Este espaço é destinado à divulgação dos eventos e cursos de aperfeiçoamento e formação em homeopatia, assim como das demais práticas integrativas.

Mantenha-se informado fazendo parte dos seguidores deste blog e participe de nossas enquetes para que nossos cursos venham corresponder as suas expectativas e necessidades.



Para conhecer um pouco mais sobre o Departamento de Práticas Integrativas e Complementares da SOBRACID, assista o vídeo de apresentação deste departamento clicando em: www.youtube.com/watch?v=tdVUr8xbk3Y

2 de jun de 2013

Como funciona a homeopatia


Como funciona a homeopatia
Nós ainda não entendemos o mecanismo pelo qual os remédios homeopáticos exercem seus efeitos nos sistemas de autocura do corpo, mas sabemos (e as pesquisas indicam) que eles são muito mais do que um efeito placebo.
A palavra placebo vem do século 18 e significa em latim “eu agradarei”. O uso mais comum da palavra modernamente tem uma conotação mais pejorativa, como uma falsificação ou uma fraude.
Curiosamente, muitos dos estudos que usam um grupo de controle com placebo reportam melhoras significativas e até mesmo cura em grupos que só tomaram placebo. O percentual de cura por placebo chegou a atingir 30% em alguns estudos.
Estes efeitos curativos são frequentemente duráveis e permanentes. Os grupos que tomaram placebo também apresentam uma alta incidência de efeitos colaterais e efeitos adversos das drogas apesar do fato de que nenhum medicamento ativo tivesse sido administrado. Esta resposta é o efeito placebo-negativo, designada como a resposta “nocebo”.
Ambos os efeitos, o positivo e o negativo (placebo e nocebo), são totalmente reais, apesar de sua ocorrência ser imprevisível. Pesquisadores médicos convencionais convenientemente ignoram estes efeitos, mas eles são eventos genuínos que acontecem igualmente em todos os sistemas medicinais e em todos os quadros de cura.
As respostas placebo e nocebo
• A respostas placebo são responsáveis por até 30% das respostas de cura em todos os paradigmas médicos.
• A resposta placebo pode diminuir de maneira significativa as despesas que de outra maneira iriam para medicamentos mais caros.
• A resposta placebo é de tremenda importância na assistência médica.
• As respostas placebo e nocebo são exemplos do quão frequente o corpo se cura e se prejudica sozinho.
• Eles são exemplos da poderosa força da mente e de como ela pode ser usada construtivamente se algum tempo for dedicado a lidar com problemas individuais.
O efeito placebo não tem sido apenas evitado pela medicina convencional, mas também tem sido sujeito à contínua ridicularização e rotulado como inimigo da “medicina verdadeira”. Imagine a arrogância em zombar da habilidade do corpo de se curar ou de se prejudicar!
Remédios homeopáticos (geralmente acusados de terem resposta placebo) demostram uma eficácia de até 80 a 90% em estudos amplos, muito além dos 30% observados nos placebos.
A homeopatia não tem efeito placebo como tampouco a medicina convencional pelos seguintes fatores:
• A homeopatia veterinária demonstra índices de reabilitação incríveis nos tratamentos em animais.
• A homeopatia pediátrica é eficiente em bebês e crianças pequenas, que respondem dramaticamente à homeopatia enquanto normalmente não respondem bem ao placebo.
• A homeopatia demonstrou resultados dramáticos em casos de coma, ataques epiléticos e alterações da consciência.
• A homeopatia é eficaz em estudos clínicos controlados duplo-cego com placebo e meta-análises. Estes estudos indicam de maneira consistente que a homeopatia é mais eficaz que o placebo.
• As patogenias homeopáticas demonstram que quando remédios homeopáticos são administrados repetidamente de maneira cega a indivíduos saudáveis, eles produzem sintomas de doenças. Foi demonstrado que este processo de patogenias homeopáticas, que é reprodutível e é justamente a base da homeopatia, produz padrões de sintomas distintos e altamente específicos, dependendo da escolha do remédio homeopático particular.
Os efeitos placebo aumentam todos os tratamentos médicos (convencionais e homeopáticos). Seu poder deveria ser aproveitado e não ignorado.
Parte 4: Medicamentos específicos para lesões esportivas

O Dr. Whitmont é um médico homeopata clássico com clínica em Rhinebeck, N.Y., e na cidade de Nova York. Seu site é Homeopathicmd.com

Autor: Epoch Times Publicação: abril 20, 2012 Em: Vida